Skip to content

A Origem do Universo – Mitologia Grega

08/31/2010

O mundo surge do caos

Esta lenda é diferente de todas as que você já ouviu. Tem seu início em uma época tão antiga, que é anterior a todas as outras histórias. Para começarmos a contá-la desde o início, precisamos voltar séculos incontáveis no tempo, que não existe …

Naquela época tão longínqua, vivia (desde sempre!) um deus que se chamava Caos. Esse deus vivia só, isolado, sem que nada existisse à sua volta. Não havia, então, sol, luz, terra ou céu! Não havia nada além de uma densa escuridão e de um imenso vazio sem começo nem fim.

Dessa maneira passaram-se incontáveis séculos, até que, certo dia, o deus Caos se cansou de viver solitário; ocorreu-lhe, então, a idéia da criação do mundo.

O começo veio com o nascimento da deusa Gaia, a Terra. Era uma deusa lidíssima, cheia de força e vida, que cresceu e se alargou, envolvendo imensas extensões e tornando-se a base do mundo.

Em seguida, Caos gerou o terrível Tártaro, a negra Noite e, logo depois, o belo e luminoso Dia.

O reino do Tártaro eram às escuras entranhas da terra, tão profundas em relação à superfície quanto esta distava do céu. Se alguém, do céu, deixasse cair uma bigorna de ferro, esta ficaria caindo por nove dias e nove noites e somente no amanhecer do décimo dia é que atingiria o solo. Se, então, caísse da Terra em direção ao Tártaro, a queda duraria mais nove dias e nove noites, e somente ao raiar do décimo dia a bigorna chegaria lá embaixo! Tal é a profundidade em que o Tártaro está entranhado na Terra. Por isso a escuridão que ali existe é tão densa e negra. Porém, esse reino também é imenso em extensão. Se alguém entrasse lá, prosseguiria incessantemente, sendo arrastado por turbilhões enfurecidos, e nem mesmo em um ano poderia chegar ao outro lado …

No coração desse lugar terrível, temido até mesmo pelos deuses imortais, eleva-se o escuro palácio da Noite, eternamente envolvido em negras nuvens. Lá a Noite permanece durante todo o dia e, quando anoitece, sai para se estender sobre a Terra.

Gaia, mãe de todos

Depois do Caos, chegou vez da deusa Gaia, a Terra, auxiliar a criação do mundo. Querendo começar com algo bem bonito, gerou Ágape, a Ternura, a deusa que trouxe ao mundo a beleza da vida. Em seguida gerou o imenso Céu azul, as Montanhas e o Mar, todos estes poderosíssimos deuses, sendo o grande Urano, o Céu, o mais forte entre eles.

Dessa madeira, a deusa Gaia, mãe de todos, ao mesmo tempo em que se enfeitava e ficava mais bela, desfrutava do prazer da criação do mundo!

Urano, o céu: Soberano no mundo

No entanto, o grande deus do universo passou a ser Urano, que envolvera a Terra com seu azul, cobrindo-a de ponta a ponta. Ele se sentava em um magnífico trono de ouro, apoiado sobre nuvens multicores, de onde governava o mundo inteiro e os deuses todos!

Urano se casou com a deusa Gaia e com ela gerou muitos deuses. Doze deles eram os Titãs – seis homens e seis mulheres. Os Titãs eram deuses enormes e de força terrível. Um deles em especial, Oceano teve inúmeros descendentes e todos os rios do mundo eram seus filhos. E ainda tinha três mil filhas, as Oceâniades, que eram deusas das fontes e dos regatos.

Titãs e Ciclopes

Da união entre um outro titã, chamado Hipérion, e a titânide Téia, nasceram três belos deuses: o brilhante Hélios, que era o deus-sol, a Aurora, de dedos rosados, e Selene, a Lua prateada.

O último Titãs era o astuto e ambicioso Cronos, mas sobre ele temos ainda muito o que dizer mais adiante …

Também eram filhos de Urano e Gaia os furiosos Ciclopes, que eram deuses gigantes com apenas um olho, bem no meio da testa. Eram os senhores do fogo e tinham o domínio sobre os relâmpagos e os trovões. Habitavam as altas montanhas e sobre o cume de uma delas havia sempre fogo aceso. Era um vulcão enorme, que eles usavam para fabricar armas e armaduras. Os Ciclopes tinham uma força assustadora. Quando circulavam pelas montanhas, raios e trovoadas abalavam a terra e o mundo inteiro tremia à sua passagem.

No entanto, os mais terríveis entre os filhos de Urano e Gaia eram os três Hecatônquiros eram os mais altos de todos. Cada um deles tinha cem braços e sua força era tamanha que podiam arremessar rochedos grandes como montanhas, fazendo trepidar toda a Terra.

Agora os deuses eram muitos, mas Urano continuava a dominar o mundo e a ditar a ordem. Seu poder era imenso, sua vontade era lei e todos obedeciam às suas determinações. Feliz era a época do reinado de Urano. Naqueles tempos a morte não existia, nem maldade, nem ódio … Mas tudo acaba tendo um fim!

Urano pune seus filhos

Certa vez, Urano ficou muito zangado com seus filhos, os Titãs e os Hecantônquiros, que haviam se comportado mal perante ele, e decidiu castigá-los duramente. Gaia, a Terra, vendo a fúria do marido, ajoelhou-se diante dele e pediu que os perdoasse:

- Meu senhor e senhor do mundo inteiro – disse-lhe -, eu lhe suplico que perdoe nossos filhos e não traga a ruína para a família dos deuses!

A ira de Urano, porém, era desenfreada:

- Mãe dos deuses, no dia em que os filhos deixarem de respeitar o pai, deverão desaparecer da luz do dia! Se eu não lhes der o devido castigo eles irão se indispor contra mim novamente e podem até me derrubar do trono dos deuses! – respondeu Urano.

Dizendo essas palavras, o grande deus abriu a Terra e lançou os Titãs e os Hecatônquiros no escuro e profundíssimo Tártaro, onde a luz do dia não chega, nem o reflexo da noite, mas há somente uma densa, negra e interminável escuridão!

No entanto, a Terra gemeu profundamente por haver encerrado em suas entranhas os Titãs, seus filhos. Então, teve a ideia de falar com eles para incitá-los a uma revolta. Com esse intuito, ela os procurou e disse:

- Pobre de mim, que viverei eternamente tendo meus filhos presos no escuríssimo Tártaro! Quem entre vocês tem ousadia suficiente para se tornar senhor dos deuses? O seu pai já reinou por tempo suficiente! Agora chegou a vez de outro tomar o seu lugar!

Os Titãs, e até os próprios Hecatônquiros, baixaram a cabeça. Urano possuía uma força terrível e essa força era ainda cem vezes maior quando ele se enfurecia. O rosto de um dos Titãs, porém, resplandeceu de alegria: era Cronos, que sempre ansiava por se tornar o senhor do universo. E ele sabia bem que seu pai não deixava de ter razão ao lançá-los ao Tártaro. Mas agora chegava a sua vez.

Com a ajuda da mãe, Cronos saiu de sua escura prisão para a luz do dia. Como seus olhos estavam desacostumados à claridade, sofreram tamanha vertigem que nada podiam enxergar daquele mundo luminosos que se estendia diante deles. Logo, porém, acostumaram-se de novo e, então, Cronos pôde ver a belíssima Terra com as altas montanhas, o largo mar azul e o interminável céu cheio de luz, ao mesmo tempo em que sentia pelo corpo o calor do sol, que era como uma suava carícia!

- Mãe Terra, eu lhe agradeço por ter me considerado digno de ver novamente o magnífico mundo aqui de cima, o mundo que será meu! E agora, adeus! Sei o que devo fazer daqui por diante!

Imediatamente, Cronos desapareceu da vista de sua mãe. E tendo forjado uma grande foice, foi em seguida esconder-se no meio de uma nuvem e se pôs a voar alto pelo céu, à espera da oportunidade adequada.

Cronos depõe Urano do trono dos deuses

E eis que chegou a oportunidade que ele desejava ao encontrar Urano dormindo … Foi de modo traiçoeiro que tudo aconteceu num instante! Cronos golpeou o pai, ferindo-o gravemente entre as pernas e tornando-o incapaz não apenas de voltar a governar o mundo, mas também de gerar outros filhos!

- Meu êxito vale por dois – pensou Cronos -, afinal, agora não há mais nada que eu possa temer da parte de Urano!

Antes, porém, que chegasse a concluir seu pensamente, a voz do pai ecoou gravemente, como um mugido, enquanto o mundo todo escurecia e raios e trovões abalavam a Terra:

- Eu o amaldiçôo, cria desnaturada! Isso que fez contra o seu pai você há de receber dos seus filhos!

Qualquer um ficaria estarrecido depois de uma praga como aquela, mas Cronos sequer sentiu a menor aflição! Estava tão satisfeito com o seu êxito que não conseguia pensar que algo de mal pudesse vir a lhe acontecer. Tirou também os outros Titãs do Tártaro, e isso lhe deu uma sensação ainda maior de segurança, pois assim teria um apoio mais sólido para exercer seu poder. Quanto aos Hecatônquiros, porém, deixou-os aprisionados. A força deles o assustava, ao passo que os Titãs ele conhecia bem, e assim poderia sempre usá-los para o seu próprio interesse.

O mal aparece no mundo

Acontece que um dos Titãs, Oceano, não aceitou ajudar Cronos. Achava tão terrível o fato e um filho ferir o próprio pai e lhe tomar o trono que não queria de jeito nenhum se tornar cúmplice do irmão. Então, ele se retirou para os confins da Terra e passou a levar uma vida tranqüila, sem desejar nada que viesse do poder ilegítimo de Cronos.

Entretanto, o pior de tudo era que o ato tão perverso de Cronos foi a causa de todos os males do mundo. A deusa Noite, para castigá-lo, gerou uma multidão de divindades temíveis, como Tânatos (a morte), Apate (a fraude), Éris (a discórdia), Pesadelo, Nêmesis (Punição vingativa) e muitas outras. Cronos agora reinava, do alto do trono de seu pai, sobre um mundo cheio de medo, ilusão, ódio, agonia, vingança e guerra. E para sempre deuses e homens pagarão pelo erro de Cronos!

Cronos engole os filhos

O próprio poderosíssimo Cronos foi tomado de um grande pavor. Não estava mais seguro de que manteria o seu poder para sempre. Agora pensava com terror na maldição de Urano e temia que seus próprios filhos também viessem a se rebelar contra o pai, da maneira como ele mesmo havia feito.

Então, tomou uma decisão terrível! Ordenou à mulher, Réia, que toda vez em que desse à luz levasse a criança até ele, que, então, devorava o bebê imediatamente! Assim engoliu cinco filhos que Réia dera à luz: Hera, Deméter, Héstia, Hades e Possêidon.

Réia agora esperava mais um filho e estava totalmente desesperada. Não sabia o que fazer para salvar a criança. Então, correu até seus pais, Urano e Gaia, que a aconselharam a ir ter o filho em Creta, em uma caverna do monte Dicte, que era um lugar bem escondido, dentro de uma densa floresta. Nessa caverna sagrada, Réia deu à luz a seu bebê e o confiou às ninfas e fadas da floresta, que a haviam auxiliado durante o nascimento da criança. Em seguida, voltou secretamente para o palácio de Cronos e começou a gritar, como se estivesse sentindo dores do parto.

O terrível Cronos pensou que realmente sua mulher estava dando à luz naquela hora e não deixou de lembrar a ela a ordem que havia dado, por meio destas desumanas palavras:

- Mulher, vá terminando logo porque não posso escutar gritarias, e me traga a criança assim que nascer!

Dizendo isso, saiu dos aposentos de Réia.

Assim que ele a deixou sozinha, Réia apanhou uma pedra, envolveu-a em mantos e logo depois foi levar para Cronos, no lugar do recém nascido. O Titã, que nada havia percebido, ficou satisfeito e engoliu a pedra.

O bebê que havia sido salvo era Zeus …

Continua …

Se você gostou desse primeiro capítulo, compre o livro. Vale a pena!

Menelaos Stephanides – Os Deuses do Olimpo – Ed. Odysseus

About these ads

From → Mitologia

27 Comentários
  1. Lucas Zoubaref permalink

    Eaew mesquita :D beleza?

    entao, eu vo fazer o trabalho sobre mitologia grega, eu gostaria de saber se poderia usar estes videos, retirados de god of war 2 :

    Gaia conta historia de Zeus


    começa nos 14 segundos

    Atlas conta a historia da Titanomaquia

    a historia começa 1:40 seg, ai eu cortaria o video no movie maker

    Eu sei q eh fantasioso, q Cratos era filho do titã oceano e tal, e q um deus nao morre, so q eu lembrei deste video, e é mais facil entender vendo videos, do que lendo ou vendo imagens.

    Aliás, estou lendo o livro Deuses do Olimpo é mt bom :D

    flws professor abraçoss (:

    • Ola Lucas, Esses vídeos são bem legais, ótimos efeitos e imagens. Gostei. O problema está em algumas mudanças com a história original da Teogonia, mas não vejo razão de não utilizá-los. Vale a pena! Acredito que ficará bem legal! Não se esqueçam de ser originais e produzir algo de vocês. Se vocês copiarem esse vídeo, de modo completo, tirarei nota de criatividade. Pensem como usar o vídeo e ao mesmo tempo serem criativos. ok? Sugiro que vocês narrem a história e criem uma história própria para o vídeo de vocês. Usem apenas as imagens e efeitos do God of War. grande abraço e bom trabalho.

    • Aninha Pedrini permalink

      oie prof!!

      td bem??

      eu coloquei meu video no youtube…

      o link eh:

      • Que legal que colocou no Youtube, seu vídeo ficou muito bom! Eu gostei bastante! ;) Parabéns pelo trabalho!

    • anonima permalink

      Bom professor Fábio estou fazendo um trabalho sobre a origem da terra na mitologia grega ; e fiquei meia confusa ,pois meu professor disse p/ ão envolver muito os deuses nesse caso gostaria que o senhor me desse uma sugestão ou ao menos umas dicas …

      Peço ao senhor que me responda o mais rápido possível pois a entrega já é amanha dia :29/03 !

      Obs : Fiz mas acho que poderia sair melhor então estou tentando encrementar !

      DESDE JÁ AGRADEÇO E PARABÉNS PELO SEU TRABALHO !!!!

      • É para não envolver nenhum Deus? Foi isso que o seu professor pediu? Se for isso, então sugiro que faça um trabalho sobre os monstros, semi-deuses, sátiros, faunos, ninfas, Édipo Rei, Narciso, Eros, Psique, trabalhos de Hércules, surgimento da raça humana por Prometeu, Odisseu, Grerra de Troia etc. No entanto, se entendi correntamente, o seu professor pede para que você fale sobre a origem da Terra, se esse for o tema, é necessário escrever sobre Gaia, não tem outra opção. A mitologia grega não se resume apenas nas histórias das divindades principais, tem muito mais, talvez, seja essa a ideia do seu professor. Mencione Gaia, mas fale sobre sua relação com o sexo feminino, mãe, mulher, protetora passional e gênese. Espero ter ajudado! abraço,

  2. Lucas Zoubaref permalink

    Eaew professor, blz ? :D

    Entao, eu nao vou colocar só os videos, eu estava pensando em colocar os videos so em partes do video, eu e meu grupo pensamos em narrar a historia, e fazer uma montagem com imagens e trechos de textos do livro Deuses do Olimpo, eu acho q vai ficar bem legal :D

    valeu professor, a mitologia grega é a mais interessante ate agora xD

    abraços :D

  3. Lucas Zoubaref permalink

    Eaew professor ? beleza ? (: bom feriado ai kkkk

    Entao, eu queria te mandar um e-mail, mas nao sei o seu ai decidi comentar neste post msm, n precisa aceitar.

    Eu estava conversando com um amigo, ele da aula de filosofia tambem, e eu comentei que estava tentando ler Nietzche, e ele disse que Nietzche e muito dificil pra quem esta comecando, e é mesmo, e que ele, particulamente n gosta de Nietzche e tal, ai ele me recomendou um livro, q de acordo com ele e de facil leitura, que se chama O mundo de Sofia, ele disse que la tem varios filosofos, e suas ideias resumidas, e que se eu gostar de algum eu posso me aprofundar mais.
    So que eu nao achei no sebo e na Vozes ta 50 reais kkk na biblioteca nao tem, eu gostaria de saber se vc tem pra me emprestar ? :D
    Ele tambem recomendou um sobre os pré-socráticos, da editora Abril, vo ver se acho pra ler depois deste =D

    Desde já agradeco =D

    Vlw professor, abracos e boa viagem se for viajar xD
    te + =]

  4. Dora Albim permalink

    Oi psor,
    Preciso tirar uma dúvida q surgiu sobre a mitologia graga ( nós mudamos de mitologia):
    “ASIA” faz parte dos 12 titãs?,
    ….
    E se possível…quem são os 12 titãs?Na arvore tem só 10, e eu pesquisei também, e cada lugar diz uma coisa,Então…
    ….
    Obrigada pela atenção!
    Bjs

    • O resto da turma
      Da união entre o Céu e a Terra nasceram os outros 12 deuses

      CRONOS
      Titã representado pelo tempo, destrona Urano e é destronado por Zeus. Lidera os Titãs na luta contra os deuses do Olimpo.

      OCEANO

      Era o titã mais velho, representado por um grande rio que corria em volta de toda a Terra (então considerada plana), demarcando suas fronteiras. Oceano teria gerado todos os rios, riachos e fontes existentes

      CEOS

      Um titã obscuro, que tem importância apenas na construção da árvore genealógica dos deuses gregos, principalmente por ter sido avô de Apolo (deus das profecias, da medicina e da música) e de Ártemis (deusa da caça e da vida selvagem)

      CRIO

      Outro titã secundário, sem grande destaque na mitologia grega. Os textos lendários revelam apenas que Crio se casou com Euríbia, sua meia-irmã – filha de Gaia com Ponto, outra divindade que representava o mar

      HIPÉRION

      Era, provavelmente, uma divindade de origem pré-helênica, que acabou absorvida pela mitologia grega, aparecendo como um dos 12 titãs. Hipérion era identificado com as forças solares

      JÁPETO

      É importante na mitologia por causa de alguns de seus filhos. Um deles foi Atlas, que enfrentou Zeus na titanomaquia e, ao ser derrotado, recebeu como castigo a missão de carregar o mundo nas costas. Outro foi Prometeu, criador dos mortais

      TÉTIS

      Em alguns textos épicos, essa titã aparece como a deusa da fertilidade, simbolizando a capacidade geradora e fecundante das águas. Também, não é para menos: de sua união com o irmão Oceano nasceram milhares de filhos

      FEBE

      Conhecida como “a luminosa”, ela se uniu ao irmão Ceos e teve uma filha chamada Letó, que seria um dos amores de Zeus e daria à luz dois importantes deuses gregos: Apolo e Ártemis

      TÊMIS

      Deusa da justiça e da sabedoria, ela foi a segunda esposa de Zeus. Segundo alguns textos mitológicos, Têmis inventou os oráculos e os rituais religiosos. Antes do surgimento de Apolo, ela era chamada também de deusa das profecias

      TÉIA

      Por ter se unido ao irmão Hipérion, também costuma ser identificada como uma divindade solar. Téia teve três filhos: Hélio (que seria o próprio Sol), Selene (a Lua) e Éos (a aurora)

      MNEMÓSINE

      A deusa da memória foi a quinta esposa de Zeus e mais uma das tias titãs que ele escolheu com quem procriar. Dessa união nasceram as nove Musas, deusas da literatura e das artes – como poesia, música e dança

      RÉIA

      Essa titã era irmã e mulher de CronoS, a quem conseguiu enganar, evitando que seu filho Zeus fosse engolido por ele. Quando Zeus nasceu, Réia deu uma pedra para Crono engolir no lugar do recém-nascido. Ela foi mãe também de outros deuses, como Poseidon (deus do mar) e Hades (rei do mundo subterrâneo)

      • legal!!! inteligente em!!!
        rsrsrsr

  5. Lucas ZOubaref permalink

    Professor, desculpa, eu sei q vc ja falou mas eu esqueci.
    Ate quanto tempo pode ter o video de filosofia? se for por exemplo 5 minutos eu posso fazer de 6 ou 7 ou vc vai tirar nota? Porque meu trabalho ta mt longo.

    Vlww =)
    abraços

    • Fala Lucas, tudo bom? o proposto é de 3 a 5 minutos. Se passar muito do tempo, o combinado é tirar nota. No entanto, se o trabalho está excelente e precisa de mais tempo para conclusão, então, sem problemas. ok? até quarta feira. abraço,

  6. mesquita, qual é a origem das ninfas na mitologia grega.

  7. Mariana Broggi permalink

    Mesquita, eu fiquei com dúvida no final desse texto, que diz que Cronos ordenou que Réia desse a ele todos os seus filhos para serem mortos e ele nao ser amaldiçoado. Mas, nao tem histórias que dizem que Hades e Posseidon nao morreram ? E nesse texto nao fala o que Zeus fez para tirar Cronos do poder … O que ele fez ? Beijos ! ;D

    • Os deuses não morrem, só são engolidos por Cronos. Zeus depois os liberta. A história continua. Aqui só tem uma parte, o resto veja em suas anotações de aula. Falei como continua a história. Só recapitulando, Zeus salva seus irmões e luta contra os Titãs. Nessa luta os deuses do Olimpo levam a melhor e Zeus assume o governo dos céus e do Olimpo, Hades do Tártaro, Posseidon governará os mares.
      Abraço, mas dúvidas me escreva. ok?

  8. J. Goncalves permalink

    Ola, Bom Dia! Descobri por puro acaso o seu site e como sempre gostei de mitologia vou comprá-lo, em Portugal o seu livro é editado pela Dinalivro. No entanto noto que há alguns erros de ortografia, para quem edita um livro não é lá muito bom cartão de visita.
    Desculpe o desabafo.
    Joaquim Gonçalves

    • Olá Joaquim, o livro aqui é publicado pela editora Odysseus. O autor é Menelaos Stephanides. A coleção é vasta e possui vários temas interessantes para quem gosta de mitologia. Os erros que menciona sugiro que envie para a editora do livro. Acho que eles possuem um revisor, não sei se eles cometeriam os erros que mencionou. Entretanto, sugiro que entre no site: http://www.odysseus.com.br/ e informe os problemas que encontrou. ok? Abraço,

  9. o fabio tava lendo e so pa te corrigi:
    -caos, gaia e urano, nao sao deuses nem titans, sao algo alem, algo que nao se tem o nome.. D:

  10. Aline Lucena permalink

    Legal! Enfim encontrei um livro que começa do começo. Era o que eu queria! Ler sobre os titãs, depois os deuses e depois os heróis.

    Mas professor, eu tenho uma dúvida. Qual é a ligação entre Apolo e Hélio? Eu já vi tantas explicações diferentes que fiquei confusa. Em algumas até dizia que eram a mesma pessoa…

    Muito obrigada! :)

    Abraços!

    • São deuses diferentes. Creio que a confusão surgiu porque ambos se referem à luz, ao Sol. No entanto, o deus Hélio é o próprio Sol, já Apolo, representa outras coisas. abraço

  11. Mari :D permalink

    Ola, Eu to Com uma Dúvida eu queria se você poderia me Ajudar,
    Meu professor de FILOSOFIA mandou a gente fazer um trabalho falando sobre
    “O Mito da Criação Do Mundo” Mitologia grega

    Ainda indicou um Livro: ” O livro completo da mitologia Clássica ” De Ares a Zeus , Lesley boltou Ed Madras.

    Ta Isso Foi Uma tradução , Mas eu queria Saber Ser e pro grupo falar sobre Todos os Mitos Inventados sobre a Criação ou Falar sobre a história Da Criação,Pode Me ajudar Obrigada de coração!! = ]

    • Sugiro a leitura do livro Teogonia, autor Hesíodo. Esse é um dos livros de referência para tudo aquilo que se escreve sobre mitologia grega. abraço

  12. Tiné permalink

    Fábio, porque você não posta o “Mundo da Mitologia Grega num Sorvete de Casquinha”?

    • Boa ideia, vou fazer isso!!!

  13. eu amei esse texto e também os comentários !!!!
    xauuuu galerinha!!!

Trackbacks & Pingbacks

  1. Os números de 2010 « Fabiomesquita's Blog

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 37 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: